Ver Angola

Comércio

Covid-19: Mercados com horários reduzidos

Os horários de funcionamento dos mercados do país vão ser reduzidos. A medida foi decidida com base no Estado de Emergência, decretado em Angola, para combater a pandemia de Covid-19.

:

Os mercados vão passar a estar abertos ao público entre as 6h00 e as 13h00, revelou o ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida.

O responsável, citado pela Angop, disse que os mercados vão passar a vender apenas bens essenciais, como por exemplo alimentos, produtos de higiene e gás.

Adão de Almeida fez ainda saber que a venda individual ambulante continua a ser permitida, mas que devem ser cumpridas as normas de segurança impostas pelas autoridades de saúde – distanciamento de, pelo menos, um metro entre consumidor e vendedor. No entanto, relembrou que os vendedores ambulantes não se podem concentrar todos no mesmo local.

Exportar bens da cesta básica, medicamentos, combustível, entre outros, para fora de Angola também foi proibido, disse o ministro, completando que serão montadas cercas sanitárias entre províncias para proibir entradas e saídas inter-provinciais, à excepção de bens essenciais e doentes.

Relacionado