Ver Angola

Telecomunicações

Angola pronta para integrar rede africana de telecomunicações para fornecer serviços à região

Angola quer fornecer serviços de telecomunicações aos países da região e está a desenvolver o sector para participar da rede única africana de infra-estruturas, anunciou o ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação angolano.

:

"Temos estado a trabalhar bastante para que não nos isolemos do resto, que é a África, por esta razão estamos desafiados também a participar na rede única africana de infra-estruturas e nós enquanto país teremos de nos ligar também a essa infraestrutura", afirmou José Carvalho da Rocha, em Luanda.

Segundo o governante, que discursava na abertura do terceiro fórum Telecom, as ações em curso visam levar os serviços de Angola para outras paragens do continente africano, referindo ser um dos "vários desafios do setor para os próximos tempos".

Para o alcance desta meta, referiu, o país já constrói infra-estruturas à luz do livro branco das Tecnologias de Informação e Comunicação para inicialmente atender os cidadãos e solidificar o desenvolvimento do setor e da economia angolana.

José Carvalho da Rocha destacou também os "esforços do Estado angolano e dos seus parceiros privados" na edificação das infra-estruturas que "permitiu que hoje tenhamos uma rede que interliga as capitais de províncias com mais de 20.000 quilómetros de fibra ótica".

"O Futuro do Sector das Telecomunicações, Privatizações e Redes Moveis" é o lema do encontro promovido pelo semanário  Expansão.

As privatizações das empresas do sector e o futuro da rede móvel em Angola são alguns dos temas do fórum, que congrega empresários, operadores do sector, académicos, consultores e outros agentes.