Ver Angola

Comércio

No primeiro semestre deste ano, país importou a preços mais baratos e exportou a valores mais caros

Dados do Índice de Preços dos bens de Exportação e Importação (IPEI), divulgados recentemente pelo Instituto Nacional de Estatística, indicam que nos primeiros seis meses deste ano, o país importou bens a preços mais baratos enquanto exportou a preços mais caros.

:

Os números, citados pelo Mercado, dão conta de que no período em análise, os preços dos produtos importados sofreram uma diminuição na ordem dos 1,7 por cento. Já os valores dos produtos exportados tiveram um crescimento na ordem dos 6,9 por cento.

Por sua vez, em termos anuais, os preços importados aumentaram cerca de 28 por cento, enquanto o dos bens exportados cresceram 111,8 pontos percentuais, estabelecendo-se, em Junho, nos 83,7 por cento.

A lista de produtos que mais contribuíram para a variação dos preços nas importações é composta por máquinas e outros equipamentos, com 1,7 pontos percentuais, alimentos, também com 1,7 pontos percentuais, e metais comuns, com 0,9 pontos percentuais, escreve o Mercado.

Já os combustíveis e minerais (7,3 pontos percentuais), químicos, produtos celulósicos e papel (0,001 pontos percentuais cada) foram os produtos que mais influenciaram na variação de preços nas exportações.

Ainda durante o primeiro semestre deste ano, os termos de troca sofreram um crescimento de 5,1 por cento, provocando uma aceleração na taxa anual para 49,9 por cento, revelam os dados.