Ver Angola

Indústria

Primeira fábrica de contadores vai criar mais de 300 postos de trabalho

Esta Sexta-feira, dia 9 de Outubro, vai ser lançada a primeira pedra da primeira fábrica de contadores pré-pagos de água e luz do país. A unidade fabril vai ser instalada em Viana, na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda-Bengo e deverá criar cerca de 350 postos de trabalho.

:

Estima-se que a construção da fábrica, que vai ser erguida numa área de cerca de 15 mil metros quadrados, fique concluída no final do primeiro trimestre do próximo ano.

De acordo com a Sociedade de Desenvolvimento da Zona Económica Especial Luanda-Bengo (ZEE E.P), citada pelo Expansão, esta fábrica "prevê contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos angolanos, principalmente pelas vantagens do sistema pré-pago, que permite aos clientes um consumo de energia com total controlo sobre os seus custos e sem necessidade de recebimento de factura no final do mês".

A fábrica está orçada em "mais de 20 milhões de dólares e está projectada para produzir 319.200 condutores monofásicos e 19.800 contadores trifásicos, para atender o mercado nacional, contribuindo assim para a diversificação da economia e para a redução das importações destes bens".

O investimento na fábrica foi feito pela empresa Hengye Electronics-Indústria S.A, de direito angolano com parceria chinesa.

Na cerimónia de lançamento da primeira pedra deverão estar presentes o ministro da Energia e águas, João Baptista Borges, o embaixador da República da China em Angola, o ministro da Indústria e Comércio, o ministro da Economia e Planeamento e os presidentes dos conselhos de administração da ZEE E.P., da empresa Hengye Electronics-Indústria S.A, da ENDE e da EPAL.

Relacionado