Ver Angola

Saúde

Covid-19: África com 170 mortos e o dobro dos recuperados em 24 horas

África registou 170 mortos devido à covid-19 nas últimas 24 horas, num total de 32.795, e mais de 16 mil pessoas recuperaram, um dos valores mais elevados das últimas semanas, segundo os números mais recentes da pandemia no continente.

: Lusa
Lusa  

Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nas últimas 24 horas registaram-se, nos 55 Estados-membros da organização, mais 6441 novos casos de infecção, para um total de 1.359.724, mais de metade dos quais no norte de África.

Quanto ao número de recuperados, houve 16.315, mais do dobro em relação a Segunda-feira, para um total de 1.106.991.

O maior número de casos e mortos continua a registar-se na África Austral, com 705.330 infecções e 16.640 óbitos. Só a África do Sul, o país mais afectado do continente, contabiliza 650.749 casos e 15.499 mortos.

O norte de África, a segunda zona mais afectada pela pandemia, tem agora 276.096 pessoas infectadas e 9543 mortos e na África Ocidental o número de infecções subiu para 169.007 e o de vítimas mortais para 2531.

A região da África Oriental tem 153.075 casos e 3019 mortos e na África Central estão contabilizados 56.216 casos e 1062 óbitos.

O Egipto, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 5661 mortos e 101.177, seguindo-se a Argélia, com 1620 mortos e 48.499 casos.

Marrocos contabiliza 88.203 infectados e 1614 vítimas mortais.

Nos seis países mais afectados estão também a Nigéria, com 56.388 infectados e 1083 mortos, e a Etiópia, com 64.786 infectados e 1022 mortos.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e a Guiné Equatorial em número de casos.

Angola regista 136 mortos e 3439 casos, seguindo-se a Guiné Equatorial (83 mortos e 5000 casos), Cabo Verde (45 mortos e 4839 casos), Guiné-Bissau (39 mortos e 2303 casos), Moçambique (35 mortos e 5482 casos) e São Tomé e Príncipe (15 mortos e 906 casos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egipto a 14 de Fevereiro e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infecção, a 28 de Fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 924.968 mortos e mais de 29 milhões de casos de infecção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.