Governo Provincial de Luanda propõe novo modelo de limpeza pública

O Governo Provincial de Luanda apresentou às empresas prestadoras de serviço de limpeza em Luanda uma proposta do novo modelo de limpeza pública, que prevê, entre outras medidas, a diferenciação na recolha de lixo, indica uma nota oficial.
:
  

Segundo o comunicado distribuído à imprensa, a proposta de limpeza pública, higienização, controlo de vectores e gestão de resíduos sólidos foi apresentada no domingo num encontro que decorreu no Salão Nobre do Governo Provincial e que serviu também para mostrar o diagnóstico da actual situação de limpeza na província, o regulamento e os custos do novo modelo, bem como a estratégia para a implementação.

O novo modelo assenta em cinco princípios basilares, que passam pela diferenciação do serviço de limpeza pública em função da sua caracterização urbana, pela extensão dos serviços a todo o território da província e pela repartição conjunta das responsabilidades entre o sector público, operadores e utentes.

Por outro lado, passa também pela definição de serviço condicionado, ou "acondicionamento adequado", recolha porta a porta e tratamento diferenciado na gestão dos resíduos sólidos, pela sustentabilidade financeira e pela elaboração de uma política de valorização de resíduos.

A implementação do novo modelo será gradual e terá um período de transição e adaptação.

No encontro, que contou com a participação de responsáveis provinciais e de empresas prestadoras de serviço de limpeza, foi definido o período de uma semana para que os agentes apresentem as suas propostas, que serão apreciadas na próxima reunião, prevista para a segunda semana deste mês.

A 1 de Setembro, o governador provincial de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, lançou também um programa de requalificação dos jardins e mais iluminação pública, visando promover a arborização dos espaços urbanos e a segurança da população da província angolana que engloba a capital do país.

Enquadrado no programa "Luanda Verde 2022", o projecto tem como lema "Dê cor à sua vida, dê cor à sua comunidade" e prevê abranger toda a província, que inclui, além da capital, os municípios do Belas, Cacuaco, Cazenga, Ícolo e Bengo, Quiçama e Viana.

O governador anunciou também o lançamento do projecto de iluminação pública em todo o território da província, começando pela zona central dos municípios de Luanda e Belas.

Mais Lidas