Ver Angola

Transportes

GPL cria novas rotas para os mais de 300 autocarros que operam na capital

Os 325 autocarros que circulam pelas ruas de Luanda vão passar a cumprir novas rotas. A alteração, implementada pelo Governo Provincial de Luanda (GPL) esta Terça-feira, visa melhorar a mobilidade dos luandenses, que sofreu mudanças significativas com o aparecimento da covid-19.

:

O GPL explica, em comunicado citado pela Angop, que decidiu adoptar esta medida para tentar combater as várias infracções cometidas por alguns operadores, como por exemplo a circulação com a lotação acima dos 50 por cento.

Assim sendo, os autocarros da capital vão passar a circular na Avenida 21 de Janeiro ligando a Academia do Primeiro de Agosto/ENAPP e e-Enad; na Avenida Deolinda Rodrigues os autocarros passam pelo largo das Escolas, Catete e Quiçama. Os transportes vão ainda passar pela Avenida Fidel de Castro (Vila de Cacuco/Benfica) e pela Estrada da Samba (largo Lumeji/Mutamba/Benfica).

A Avenida Pedro de Castro vai ligar a Shoprite do Palanca a Benfica, a Estrada de Cacuaco passa a ligar a Vila de Cacuaco ao Porto. Os autocarros vão ter disponível a rota Mutamba/Aeroporto/Vila do Gamek, na estrada do Zango (Zango-5/Centralidade 8000/Vila de Viana), Mercado do São Paulo/Vila do Gamek e Benfica/Ramiros/Cabo Ledo.

Além desta mudança, o GPL revelou que está a desenvolver um sistema mais eficaz de fiscalização, para que seja possível combater as irregularidades registadas nos transportes.

Para já, o governo da capital tem disponível a linha 111 do Centro Integrado de Segurança Pública, através dos números 928 582 424 e 928 518 212, através da qual podem ser feitas denúncias sobre o incumprimento das normas de segurança e protecção contra a covid-19 nos transportes públicos.

Relacionado