Ver Angola

Comércio

PRODESI distribui 50 milhões de kwanzas por cooperativas de café para impulsionar produção nacional

O Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI) vai apostar no sector do café. O programa do Governo vai financiar 15 cooperativas agrícolas, das quais algumas dedicadas à produção de café. Esta ajuda, que será superior a 50 milhões de kwanzas, tem como objectivo aumentar a produção nacional.

:

De acordo com o secretário de Estado do Planeamento, Milton Reis, os governos provinciais estão a trabalhar em conjunto com o PRODESI para que sejam escolhidos os produtores que irão receber este financiamento. O responsável, que falava no final da visita à fábrica de café Angonabeiro, indicou ainda que as cooperativas serão ajudadas em cada uma das 18 províncias do país.

Citado pela Angop, Milton Reis considerou que o financiamento vai ajudar a potenciar o crescimento da produção de café nacional, que actualmente é feita apenas por pequenos agricultores.

O secretário de Estado do Planeamento fez ainda saber que a Angonabeiro é uma das prioridades do PRODESI, para que seja possível trocar as importações de café por exportações.

Segundo o governante, a Angonabeiro já se encontra a exportar Café Ginga e café verde, exportando quase 50 por cento do total do país.

Estão a ser produzidas, por dia, seis toneladas de café, adiantou, considerando que essa quantidade é "baixa" e reconhecendo que há margem de manobra para fazer crescer a produção de café em Angola.

Relacionado