Ver Angola

Construção

Sistemas de abastecimento de água no Virei e Ucama vão custar mais 136,7 milhões de kwanzas

Os sistemas de abastecimento de água no Virei, província do Namibe, e Ucama, no Huambo, vão custar mais 136,7 milhões de kwanzas do que inicialmente previsto, segundo adendas aos respectivos contratos de empreitadas aprovadas pelo Presidente da República.

:

Segundo um despacho presidencial consultado pelo Lusa, o contrato de empreitada para a reabilitação e expansão do sistema de abastecimento de água no Virei, assinado em 20 de Março de 2013, tinha um custo inicial de 689,3 milhões de kwanzas, havendo necessidade de uma adenda "para a reposição do equilíbrio económico e financeiro do contrato e a necessidade imperiosa" de concluir a obra.

A adenda ao contrato com a empresa Tomás de Oliveira Empreiteiros tem o valor de 103,4 milhões de kwanzas.

Num outro despacho presidencial, João Lourenço autoriza a adenda ao contrato com a empresa Certave, Sociedade Comercial e Águas, celebrado em 16 de Outubro de 2014, invocando os mesmos motivos.

A empreitada inicial para as obras de reforço do sistema de abastecimento de água da localidade de Ucuma, na província do Huambo, valia 615,3 milhões de kwanzas, tendo sido aprovada um custo adicional de 33,3 milhões de kwanzas.