Millennium Angola vai negociar valores mobiliários na Bodiva

O banco Millennium Angola é o mais recente membro da Bodiva - Bolsa de Dívida e Valores de Angola, depois de assinado um contrato que o habilita a transaccionar títulos emitidos pelo Estado neste novo mercado organizado.
: António Gaioso Henriques, Ana Regina Victor, Hermenegilda Benge e António Gomes Furtado
António Gaioso Henriques, Ana Regina Victor, Hermenegilda Benge e António Gomes Furtado  

O acordo permite ao banco participar em nome dos seus clientes nos Mercados de Registo de Títulos do Tesouro, no Mercado de Transacções por Grosso e também no Mercado de Transações em Contínuo, instrumentos essenciais para que todos os participantes disponham do mesmo nível de oportunidade, transparência e eficiência de custos proporcionado pelo funcionamento da nova Bolsa de Dívida e Valores de Angola.

Em comunicado remetido ao VerAngola, o Presidente da Comissão Executiva do Banco Millennium Angola, António Gaioso Henriques, afirma que este é “mais um passo, desta vez formal, no sentido do banco contribuir para a dinamização da Bodiva, que consideramos ser uma instituição de importância crucial para um mercado de capitais desenvolvido”.

O Millennium Angola acentuou junto da Bodiva a sua disponibilidade para toda a colaboração técnica, convidando a Bolsa a aproveitar a boa experiência que o grupo adquiriu em outros mercados, outrora emergentes, acrescenta o documento.

A Bolsa de Dívida e Valores de Angola é a sociedade gestora dos mercados de valores mobiliários regulamentados, garantindo a segurança jurídica e legítima confiança a todos os intervenientes e assegurando a transparência na formação dos preços de equilíbrio entre oferta e procura de títulos no mercado secundário. Gradualmente, a Bodiva irá introduzir à cotação Títulos do Tesouro, alargando depois a outros tipos de valores como Obrigações Corporativas, Acções de empresas e Unidades de Participação de Fundos de Investimento.

Mais Lidas