BNI Europa subscreve linha de crédito para apoiar empresas em Angola

O Banco BNI Europa subscreveu na passada quinta-feira o protocolo de Linha de Crédito de 500 milhões de euros, destinado a apoiar o relacionamento comercial entre Angola e Portugal, numa cerimónia realizada no Ministério da Economia e em conjunto com outras entidades públicas e financeiras.
:
  

A linha de crédito destina-se a financiar empréstimos de curto e médio prazo, no montante máximo de financiamento por empresa de 1,5 milhões de euros, garantidos até 80 por cento pelo Sistema de Garantia Mútua.

“O mercado angolano tem um peso significativo nas exportações e nos processos de internacionalização das empresas portuguesas, algumas das quais se confrontam hoje com uma maior pressão de tesouraria, proveniente do actual contexto da economia angolana. Esta linha de crédito constitui um instrumento relevante, permitindo que empresas exportadoras de bens e serviços para Angola, ou com processos de internacionalização em curso, possam minimizar as dificuldades de tesouraria com que se deparam, possibilitando-lhes assim prosseguirem com os seus negócios e parcerias com o mercado angolano. Desta forma, o Banco BNI Europa reforça o seu compromisso, em apoiar as Pequenas e Médias Empresas (PME) que se relacionam com Angola”, afirmou Miguel Rola Costa, Presidente da Comissão Executiva do Banco BNI Europa, em comunicado remetido ao VerAngola.

O Banco BNI Europa iniciou a sua actividade em Portugal no dia 16 de Julho de 2014, disponibilizando serviços de Banca Corporativa e Banca Privada, os dois segmentos em que centra a sua actividade.

Com um capital social actual de 25 milhões de Euros e tendo o BNI como accionista, o Banco BNI Europa opera a partir da sua sede no Marquês de Pombal, em Lisboa, e conta com banco BNI para promover sinergias e o reforço das transacções entre Portugal e Angola.

Mais Lidas

:
Rotinas