Presidente autoriza venda de bens imóveis diplomáticos em quatro países

O Presidente autorizou a venda dos bens imóveis diplomáticos de Angola na África do Sul, Canadá, Grécia e México no quadro do Programa de Redimensionamento das Missões Diplomáticas, indica um despacho presidencial.
:
  

Segundo o despacho 30/19, publicado no Diário da República com data de 20 de Março, a que a Lusa teve acesso, João Lourenço autoriza a alienação, "na modalidade de negociação com publicação prévia de anúncio", das chancelarias das embaixadas angolanas no México e Canadá, do consulado e da residência oficial em Durban (África do Sul) e das residências oficiais dos embaixadores no Canadá e Grécia.

Nesse sentido, delega plenos poderes ao ministro das Finanças, Archer Mangueira, "para proceder à negociação e alienação dos imóveis referidos, bem como os demais actos que se mostrarem necessários para esse fim".

A medida surge na sequência da decisão de João Lourenço, avançada em 10 de Setembro último, em redimensionar as missões diplomáticas, que passa por encerrar várias missões diplomáticas e consulares.

Mais Lidas