Ver Angola

Turismo

INDABA 2015: uma plataforma para o crescimento dos negócios do turismo africano

O Turismo da África do Sul está já a ultimar os preparativos para a edição de 2015 do INDABA, a maior Feira de Turismo de África que terá lugar no Centro Internacional de Convenções Inkosi Albert Luthuli, em Durban, na África do Sul. A organização quer garantir que o INDABA 2015 supera as expectativas dos expositores e compradores, gerando ainda mais volume de negócios do que na edição anterior.

:

A Feira de Turismo INDABA é considerada uma das maiores plataformas para as empresas do sector do turismo, apresentando uma grande variedade do melhor que se faz a nível do sector no continente africano e atraindo visitantes e meios de comunicação vindos de todo o mundo. A edição de 2015 promete oferecer oportunidades únicas e novas plataformas de networking aos agentes de turismo e compradores internacionais, de forma a estimular o negócio do turismo num mercado que continua a expandir-se acima da taxa global de crescimento da economia.

“Cada expositor é um veículo eficaz para mostrar os seus produtos e serviços, um meio único para fazer negócios. Não haveria INDABA se não fossem os expositores, representem eles os países, as agências de viagens ou os gabinetes de turismo. O INDABA é feito por eles e para eles e aqui encontramos a maior oferta de turismo africano, referiu Thulani Nzima, CEO do Turismo da África do Sul, em comunicado remetido ao VerAngola.

Devido aos bons resultados alcançados nas edições anteriores, o sistema INDABA Connect será novamente activado este ano para todos os participantes. Este sistema permite que expositores, compradores e convidados troquem informações, via infravermelhos com o toque das respectivas pens, um procedimento designado por matchmaking.

Angola no INDABA 2014

Entre os países que marcaram presença no INDABA 2014 contam-se a África do Sul, Angola, Benin, Botswana, Burkina Faso, República Democrática do Congo, Quénia, Etiópia, Lesotho, Madagáscar, Malawi, Maurícias, Moçambique, Namíbia, Nigéria, Reunião, Seychelles, Suazilândia, Tanzânia, Uganda, Zâmbia e Zimbabwe.

Com a duração de três dias, esta feira atrai anualmente centenas de expositores e milhares de visitantes oriundos de todo o mundo e Angola não foi excepção. A nível oficial, a delegação angolana esteve representada pelo secretário de Estado da Hotelaria, Paulino Baptista.

Mais de 400 expositores já confirmaram a sua presença na edição de 2015, mas as inscrições continuam abertas para expositores, compradores e público em geral. Considerado um evento-chave do sector do turismo, capaz de surpreender todos os anos com inovações, o INDABA afirma-se cada vez mais como o principal meio de divulgação dos activos culturais, históricos e naturais do continente africano, sendo também responsável pelo crescente interesse global do turismo em África.