Ver Angola

Cultura

Ondjaki em destaque no Festival Literário de Macau

O escritor nacional Ondjaki e Wang Anyi, da China, são dois dos principais nomes do programa da quarta edição do Festival Literário de Macau – Rota das Letras, que vai decorrer entre 19 e 29 de Março, anunciou esta quarta-feira a organização. À semelhança de anos anteriores, o festival literário vai fazer convergir em Macau mais de 30 figuras entre escritores, editores, cineastas, artistas plásticos e músicos oriundos de Macau, Hong Kong, Taiwan, China e de países de língua portuguesa.

:

Wang Anyi, presidente da Associação de Escritores de Xangai e autora de romances como “The Song of Everlasting Sorrow”, distinguida com a Ordre des Arts et des Lettres de França, figura entre as convidadas de maior destaque, num cartaz em que o escritor angolano Ondjaki, vencedor dos prémios Jabuti (2010) e Saramago (2013) é um dos nomes mais relevantes do lado dos autores lusófonos.

De Portugal está confirmada a presença do romancista e antigo secretário de Estado da Cultura Francisco José Viegas e do escritor João Tordo, vencedor do Prémio Saramago (2009), bem como de Maria do Rosário Pedreira, poeta, editora e autora de livros para crianças, e de David Machado, romancista com vários prémios de literatura infantil. Do Brasil, a Rota das Letras recebe o poeta e humorista Gregório Duvivier.

Tal como em edições anteriores, serão realizadas várias iniciativas abertas ao público, como debates, mesas redondas e seminários, bem como uma feira do livro. A sétima arte também tem um espaço reservado, com os cineastas João Botelho e Ann Hui a visitarem Macau para mostrarem os seus filmes recentes. Já no plano musical, sobem ao palco do Cotai Arena, no hotel-casino Venetian, na noite de 21 de março, a banda de Hong Kong LMF, o brasileiro Gabriel O Pensador e o grupo local Blademark.