Ver Angola

Telecomunicações

Unitel avança para tribunal para ganhar controlo da participação de Isabel dos Santos na NOS

A Unitel quer contestar os empréstimos feitos a Isabel dos Santos para esta comprar acções na portuguesa NOS. Para isso, a empresa de telecomunicações vai avançar com uma acção em tribunal para ficar a deter as 26,075 por cento das acções da empresária na NOS.

:

O activista Rafael Marques, citado pelo semanário português Expresso, explicou que Isabel dos Santos terá comprado as participações na NOS "ao abrigo de um empréstimo feito pela Unitel à própria" empresária.

Segundo avança o mesmo jornal, uma equipa de advogados da Unitel já terá requerido, num tribunal de Lisboa, em Portugal, uma acção para ganhar o controlo das acções de Isabel dos Santos na empresa portuguesa.

Recorde-se que Isabel dos Santos, através da Vidatel, detinha 25 por cento da Unitel. No entanto, em Dezembro do ano passado, a empresária perdeu o controlo da empresa, depois de uma decisão do Tribunal Supremo das Ilhas Virgens Britânicas.

Em Março de 2020, as acções de Isabel dos Santos na NOS foram arrestadas pelo Tribunal Central de Instrução Criminal. A accionista maioritária da NOS é a empresa ZOPT – metade controlada pelo grupo Sonae e outra metade por Isabel dos Santos –, que detém 52 por cento da empresa portuguesa.

Relacionado