Balança comercial cresceu mais de 17 por cento no segundo trimestre

A balança comercial angolana registou um aumento superior a 17 por cento no segundo trimestre de 2018 face aos três meses anteriores, alcançando um saldo positivo superior a 1,618 biliões de kwanzas naquele período.
:
  

Segundo o relatório do comércio externo do Instituto Nacional de Estatística (INE), consultado pela Lusa, as exportações subiram, em valor, 18,5 por cento no segundo trimestre do ano, face ao anterior, para 2,356 biliões de kwanzas, essencialmente em petróleo bruto.

Face ao período homólogo de 2017, as exportações registaram um aumento de 75,9 por cento do valor total.

As importações também cresceram, 20,5 por cento, face ao trimestre anterior, para 737.945 milhões de kwanzas em três meses, entre Abril e Junho de 2018, traduzindo-se num saldo positivo de 1,618 biliões de kwanzas, já incluindo reimportações e reexportações.

Face ao mesmo período, mas de 2017, o volume das importações registou um crescimento de 41,4 por cento.

O saldo da balança comercial angolana continua a ser influenciado, segundo o documento do segundo de 2018, pelo "comportamento do preço do petróleo, principal produto de exportação de Angola".

Durante o segundo trimestre de 2018, com a cotação no mercado internacional a subir, Angola exportou 2.265 biliões de kwanzas em petróleo, mais de metade para a China.

Em valor, tratou-se de um aumento de 18,4 por cento face aos três meses imediatamente anteriores, segundo a contabilidade disponibilizada pelo INE.

Mais Lidas

Cláudia Rodrigues Coutinho:
De Luanda para o Mundo