Ver Angola

Desporto

Pequenos grandes talentos: angolana de 13 anos sagra-se bicampeã mundial de jiu-jitsu

Alíria da Conceição pode ser ‘pequena’ em idade, mas é certamente ‘grande’ em talento. Com apenas 13 anos, a angolana arrebatou a medalha de ouro no Campeonato do Mundo de Jiu-Jitsu que decorreu em Abu Dhabi (EAU), sagrando-se assim bicampeã mundial da modalidade.

:

Lutando jiu-jitsu no seu estilo brasileiro (ne-waza), o ouro já não é novidade para a angolana. A atleta já tinha conquistado a medalha mais importante num evento do género, também nos Emirados Árabes Unidos, no ano de 2017.

Álvaro da Conceição, pai da atleta, afirmou à Angop que este título é fruto do trabalho árduo de Alíria mas também dos seus progenitores, treinador, colegas de escola e de equipa.

Referiu as dificuldades sentidas pela atleta, afirmando que esta é uma modalidade que requer uma mentalidade forte e respeito ao espírito desportivo e de equipa.

Alíria da Conceição nasceu em Luanda, a 28 de Julho de 2008, mas reside actualmente em Lisboa, capital portuguesa, desde 2018. Frequenta o oitavo ano do ensino e pertence ao clube Youngzilion, contando já com vários títulos nacionais e internacionais. Conquistou medalhas de ouro no 'Open 40 Anos de Independência Nacional', no torneio 'Life Style Jiu-Jitsu Angola' e na prova de qualificação ao presente mundial. Arrebatou ainda a medalha de ouro no primeiro festival infanto-juvenil 'Team Club', no oitavo torneio interno 'Aliança do Tatame' e no campeonato português de jiu-jitsu.

Angola participou também com atletas do escalão sénior nesta edição do campeonato do mundo, havendo a registar a medalha de ouro de Hélio Caio (-55 kg) e duas medalhas de prata por Heliane (+63 kg) e Hélder Mangueira (120 kg).