Ver Angola

Sociedade

Arcebispo José Manuel Imbamba eleito presidente da conferência dos bispos católicos angolanos

O arcebispo angolano de Saurimo, José Manuel Imbamba, foi eleito novo presidente da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) e o bispo do Dundo, Estanislau Marques Tchindecasse, vice-presidente do colégio eclesial, para o triénio 2021-2024.

:

O anúncio da nova direcção da CEAST foi feito esta Segunda-feira, em conferência de imprensa, pelo porta-voz da CEAST, Belmiro Chissengueti, no final da segunda assembleia plenária anual deste órgão que decorreu, entre 6 e 11 de Outubro, em Luanda.

José Manuel Imbamba substitui no cargo o arcebispo de Luanda, Filomeno do Nascimento Vieira Dias, que nos últimos seis anos dirigiu a CEAST.

O comunicado relativo à plenária foi apresentado pelo bispo de Cabinda e porta-voz da CEAST, Belmiro Chissengueti.

Para o cargo de novo secretário-geral da entidade eclesiástica católica foi eleito o bispo de Caxito, Maurício Agostinho Camuto, e para secretário-geral adjunto o bispo Luzizila Kiala, recentemente nomeado pelo papa Francisco ao cargo de arcebispo de Malanje.

A segunda assembleia plenária anual dos bispos católicos angolanos elegeu também um novo conselho permanente, que tem à frente a nova direcção do órgão e mais sete prelados, entre bispos e arcebispos.

Os arcebispos José Manuel Imbamba, Zeferino Zeca Martins e Filomeno do Nascimento Vieira Dias e o bispo Maurício Agostinho Camuto compõem o novo conselho económico da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé.

Foram igualmente eleitos nos novos responsáveis das nove comissões episcopais da CEAST.

Em relação aos delegados da CEAST, o bispo de Cabinda, Belmiro Chissenguei, foi eleito porta-voz da CEAST, o bispo de Viana, Emílio Sumbelelo, responsável pelo acompanhamento do Acordo-Quadro, assinado entre o Estado angolano e o Vaticano, e também responsável pela protecção de menores e pessoas vulneráveis.