Ver Angola

Indústria

ZEE vai criar um gabinete de apoio ao investidor para expandir produção e exportações

Um Gabinete de Apoio ao Investidor (GAI) vai ser criado, ainda este ano, pela Zona Económica Especial (ZEE) Luanda-Bengo. Este gabinete visa expandir a produção interna e as exportações.

:

A ZEE adianta, em comunicado citado pela Angop, que o gabinete trará várias vantagens, entre as quais a diminuição do tempo que é preciso para aceder e resolver assuntos ligados à administração pública.

O GAI também ajudará no crescimento significativo do número de empresas com sede na ZEE, escreve a Angop.

Além disso, as barreiras burocráticas, vistas como prejudiciais para aqueles que querem ter acesso aos activos que estão por privatizar, também deverão ser suprimidas com o GAI.

De acordo com a nota, a ZEE conta com 132 projectos, dos quais 75 se encontram a funcionar por completo. Onze projectos estão actualmente a ser reestruturados, enquanto sete estão à espera de que o processo de privatização seja concluído.

Um projecto está pronto para arrancar com a sua produção, enquanto 18 estão a ser construídos e 20 se encontram em fase de implantação de projecto.

O comunicado dá ainda conta de que mais de metade dos projectos (60 por cento) dizem respeito a fábricas, 25 por cento são estabelecimentos comerciais e 10 por cento são relativos a serviços.

A ZEE assinalou, no dia 15 de Outubro, 12 anos de existência. Ao longo desses anos, os projectos deste empreendimento criaram mais de 6000 novos postos de trabalho, sendo a maior parte ocupados por angolanos.