Ver Angola

Educação

Governo reavalia reinício do ensino primário devido a elevado número de casos de covid-19

O Governo pondera adiar o reinício das aulas do ensino primário, previsto para a próxima Segunda-feira, dependendo de uma nova avaliação sobre a evolução da covid-19 no país, disse a ministra da Saúde.

: Lusa
Lusa  

Sílvia Lutucuta, que falava à imprensa no final de um encontro da Comissão Multissectorial de Combate e Prevenção da covid-19, realizada Quarta-feira, disse que está a ser avaliada a situação epidemiológica actual, porque a taxa de positividade está mais elevada do que na semana passada.

A governante frisou que as autoridades sanitárias vão reavaliar todas as condições, a das escolas também e vão tomar a medida mais adequada, salientando que "diante deste cenário de pandemia, o mais importante é proteger a saúde das crianças e das famílias".

A titular da pasta da Saúde informou que dependendo da reavaliação, o reinício das aulas para o ensino primário, previsto para a próxima Segunda-feira, poderá ser retardado para nova data a definir, assim que estiverem reunidas as condições.

As aulas foram suspensas em Março deste ano devido à situação da pandemia de covid-19 no país, estando a ser retomadas de forma gradual, desde 5 de Outubro passado, sendo o segmento do ensino primário o último, depois do I e II ciclos e do sistema universitário.

Angola atingiu o cumulativo, nas últimas 24 horas, de 8338 casos, incluindo 255 óbitos, 3040 recuperados e 5043 activos, dos quais nove se encontram em estado crítico, 20 graves, 115 moderados, 462 leves e 4437 assintomáticos.

Relacionado