Ver Angola

Energia

Americanos da ‘Sun Africa’ levam energia e água ao sul de Angola por 1,5 mil milhões de dólares

O grupo americano ‘Sun Africa’ vai implementar um projecto de electrificação e abastecimento de água no sul de Angola. Orçada em 1,5 mil milhões de dólares, a iniciativa vai beneficiar as províncias do Cunene, Namibe, Cuando Cubango e Huíla.

:

João Baptista Borges, ministro da Energia e Águas, informou que este projecto visa o fornecimento de energia e água aos cidadãos bem como estimular o aparecimento de empreendimentos económicos.

"A electrificação vai ser feita quer por soluções convencionais, com a extensão de linhas e a construção de subestações, quer utilizando energia solar, área em que os Estados Unidos da América são um dos países líderes em instalação desses sistemas, principalmente nas regiões recônditas, onde essa solução é a mais disponível e acessível", esclareceu o ministro, acrescentando que o projecto também vai abranger a implementação de sistemas de abastecimento de água.

Citado pela Angop, o governante explicou que o financiamento vai ser mobilizado pela 'Sun Africa' junto do EximBank dos Estados Unidos da América e indicou que os prazos de execução serão definidos assim que os contratos forem rubricados.

No entanto, estimou que o projecto poderá vir a ser implementando num horizonte temporal de dois anos, baseando-se na experiência que existe com outros trabalhos com a 'Sun Africa', como por exemplo a construção de parques fotovoltaícos em Benguela.

O projecto foi oficializado através da assinatura, entre Angola e o grupo americano, esta Segunda-feira, em Washington, de um memorando de entendimento.

O titular da pasta da Energia e Águas referiu ainda que este acordo reflecte o valor que os EUA dão às relações bilaterais com Angola.