Ver Angola

Educação

Cuba vai enviar mais professores universitários para Angola

A embaixadora de Cuba em Angola, Esther Armenteros, anunciou que o seu país vai enviar mais professores universitários para Angola. A iniciativa está enquadrada na cooperação entre os dois países.

:

A embaixadora, que falava durante uma visita ao Colégio Público "Angola e Cuba", no município do Cazenga, Luanda, fez um balanço de quantos cubanos já se encontram em terras angolanas.

"Temos aqui em Angola 2000 cooperantes cubanos. Os nossos cooperantes estão em todo o país, na maioria médicos, mas também temos professores em distintas escolas e unidades do país e em todas as províncias. Só que os nossos cooperantes, neste momento, estão no Ensino Superior", indicou, em declarações à Rádio Nacional de Angola (RNA).

Na ocasião, o director da escola "Angola e Cuba" sublinhou que a possibilidade de os seus alunos poderem aprender espanhol é a melhor novidade desta cooperação.

"O melhor símbolo é a língua espanhola para os nossos estudantes", afirmou.

Já Tomás Bica Mumbundo, administrador municipal do Cazenga, salientou as relações entre Cuba e Angola.

"No domínio da educação, como devem calcular, "Angola e Cuba" é o primeiro equipamento educacional em que Cuba teve o seu cunho muito directamente. Paralelamente a isso, muitos são os angolanos que foram protegidos, na altura, pelo então Presidente José Eduardo dos Santos, enviados para Cuba e hoje são médicos. O nosso agradecimento para com o povo cubano é eterno", afirmou, citado pela RNA.