Ver Angola

Saúde

País regista mais uma morte e 28 novas infecções por covid-19

O país registou 28 novas infecções pelo novo coronavírus e uma morte. O óbito diz respeito a um médico, angolano, de 65 anos, informou esta Quinta-feira o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

:

Segundo o governante, foram registados quatro casos na província do Zaire, dois em Cabinda e os restantes em Luanda, com idades entre os 7 e 77 anos, sendo 19 homens e nove mulheres.

Com os dados das últimas 24 horas, que reportam ainda a recuperação de 29 doentes, o país tem o cumulativo de 2805 casos, 113 óbitos, 1144 recuperados e 1548 activos, dos quais três são críticos, sob ventilação mecânica invasiva, 20 graves, 40 moderados, 52 leves e 1433 assintomáticos.

Franco Mufinda observou que em Angola até à data 45 profissionais de saúde foram infectados por SARS-COV-2, o que representa uma taxa de 1.6 por cento.

"Quando comparamos esta taxa média com a realidade em outras latitudes ou o que é a média mundial, estamos aquém. Estamos a falar de uma média esperada de até acima de 6 por cento, e Angola até à data tem 1,6 por cento de profissionais de saúde infectados", disse Mufinda, atribuindo esta média ao esforço de formação promovido aos profissionais de saúde, bem como ao acatamento das medidas de biossegurança.

Nas últimas 24 horas, o laboratório processou 635 amostras, sendo 28 positivas, apontando o cumulativo para 58.716 amostras processadas, das quais 2805 positivas.

Para esta Sexta-feira, está prevista a conclusão da testagem de 2000 taxistas de Luanda, que se juntam aos 3000 colegas já testados.

A pandemia do novo coronavírus que provoca a covid-19 já provocou pelo menos 863.679 e infectou mais de 26 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em Fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Relacionado