Ver Angola

Educação

Reino Unido abre candidaturas para 1500 bolseiros Chevening incluindo angolanos

O Reino Unido tem à disposição, para o ano académico 2020/2021, mais de 1500 Bolsas de Estudo Chevening de mestrado, que já permitiu a formação de 109 bolseiros angolanos, informou a embaixada britânica em Angola.

:

Um comunicado, a que agência Lusa teve acesso, explicou que as bolsas são de um programa global, financiado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e Desenvolvimento Britânico e por organizações parceiras.

O objectivo deste programa de bolsas visa promover que indivíduos com potencial de liderança façam o mestrado no Reino Unido, garantindo que futuros líderes, decisores e formadores de opinião possam adquirir estudos de topo naquele país da Europa.

A nota realçou que as bolsas fornecem apoio financeiro completo para futuros líderes estudarem num mestrado à sua escolha, em qualquer universidade britânica, ao mesmo tempo que também têm acesso a uma ampla gama de experiências académicas, profissionais e culturais exclusivas.

"Nos últimos 35 anos, 50.000 profissionais com forte potencial tiveram a oportunidade de progredir no Reino Unido, através do Chevening, incluindo 109 bolseiros de Angola", lê-se no comunicado.

Relativamente ao processo de candidaturas, a embaixada britânica destaca que devido à pandemia de covid-19, o período foi encurtado para dois meses, estando o início previsto para Quinta-feira, com fim marcado para 3 de Novembro, a ser feito 'online', no portal www.chevening.org.