Ver Angola

Energia

Empresa cria calculadora digital capaz de avaliar custos e projectar infra-estruturas petrolíferas

Foi criada uma calculadora digital capaz de avaliar os custos e projectar infra-estruturas petrolíferas. Designada de OFC2000, a calculadora foi desenvolvida pela empresa de direito angolano Oil Field Calculator, LDA.

: Reuters
Reuters  

"Com essa calculadora o sector petrolífero passa a ter um sistema muito fácil e de uso rápido. É uma das primeiras digitais existentes no país. Antes faziam-se projecções de infra-estruturas demoradas e complexas", explicou Silvestre Cassa Iombo, criador da calculadora e presidente do concelho de administração (PCA) da Oil Field Calculator.

A máquina é capaz de projectar níveis de produção, calcular os números de poços, a capacidade instalada, custos, entre outros, explicou Silvestre Cassa Iombo, citado pela Angop.

O "software permite, quando se descobre um campo de petróleo, calcular o tipo de sonda, a perfuração e o custo de produção do campo", elucidou.

Explicou também que depois de se ter descoberto um campo, são introduzidos os dados na calculadora e ela estima um conjunto de factores, tais como os valores da produção, a perfuração, que sondas devem ser usadas, os custos, entre outros.
 
"A Oil Field Calculator desenvolveu a calculadora em 2017 com um recurso muito raro e pode estimar, em poucos segundos, os resultados desejados de que um engenheiro precisa para a elaboração de um projecto", explicou em declarações à Angop. 

Segundo o PCA da empresa, o projecto já está a ser usado em algumas empresas, em Angola e no estrangeiro. No país destaca-se a Agência Nacional de Petróleo e Gás (ANPG) que usa a OFC2000 há cerca de dois anos, sendo que a máquina já calculou o custo de 180 projectos da concessionária nacional.

A empresa investiu cerca de 20 mil dólares na criação da calculadora. Até ao momento, com as taxas cobradas aos utilizadores (que varia entre os 10 mil e 20 mil dólares), a empresa já amealhou entre 120 a 150 mil dólares.