Ver Angola

Defesa

Polícia mata suspeito em tentativa de assalto a um armazém em Luanda

Um homem que integrava um grupo de alegados assaltantes foi morto numa operação policial que impediu um assalto a um armazém de produtos alimentares, em Luanda, foi esta Quinta-feira anunciado.

:

Uma nota de imprensa do Ministério do Interior refere que, na sequência de uma denúncia, o Serviço de Investigação Criminal frustrou, na Quarta-feira, a intenção do grupo, composto por oito elementos.

De acordo com o documento, uma equipa das forças policiais deslocou-se ao local e surpreendeu, em flagrante delito, os elementos a arrombarem as fechaduras para consumarem o crime.

Foi dada ordem de detenção aos cidadãos, todos angolanos, com idades entre 29 e 48 anos, tendo no momento da detenção um dos suspeitos, a bordo de uma viatura de apoio ao grupo, efectuado um disparo contra os oficiais, em reacção à actuação das forças policiais.

"E estes, em resposta para a neutralização do mesmo, efectuaram um disparo que atingiu o meliante, sendo que ao ser socorrido para uma unidade hospitalar acabou por sucumbir no trajecto", refere a nota.

Na operação, a polícia apreendeu, entre outros artigos, uma arma de fogo do tipo AKM, de cano serrado com o respectivo carregador, contendo duas munições, além de duas viaturas.

Os detidos serão presentes ao Ministério Público para os devidos procedimentos legais.