Ver Angola

Transportes

Inaugurado novo serviço urbano de passageiros na capital

A capital ganhou um novo serviço de transporte urbano de passageiros. Lançado no passado Sábado, no Terminal de Passageiros do Largo das Escolas, no distrito urbano da Maianga, o serviço começa, a partir desta Segunda-feira, a favorecer as pessoas de Luanda e Viana.

: Rosário dos Santos/Angop
Rosário dos Santos/Angop  

Além de favorecer os munícipes da capital, este serviço também permitiu criar novos postos de trabalho: uma centena de jovens ganharam o seu primeiro emprego com esta nova actividade de transporte.

O serviço, designado por "Expresso Luanda/Viana", vai ser realizado por um total de 50 viaturas. De acordo com a Angop, nas horas de menos afluência a actividade será realizada com viaturas de 15 lugares enquanto nas horas de maior procura vão circular viaturas com 29 a 40 lugares.

Cada viagem vai ter um custo de 300 kwanzas. Quanto ao itinerário, o expresso fará paragens no Largo das Escolas, Shoprite, Estalagem, Alimenta Angola e na Bomba dos Mutilados.

A par do "Expresso Luanda/Viana", a Rosalina Expresso vai também disponibilizar o "Baia Shuttel", que só vai operar no centro do município de Luanda/Baia.

Sobre a escolha do Largo das Escolas, Edgar Oseias, administrador da Rosalina Expresso, justificou a decisão com o facto de aquela zona apresentar escassez de serviços daquele estilo.

Citado pela Angop, o responsável fez ainda saber que vão operar com passes multi-viagens, que possibilitará aos estudantes terem descontos de cerca 25 por cento do valor do bilhete.

Por sua vez, Filipe Cumandala, director provincial dos Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana de Luanda, considerou que este novo serviço vai beneficiar os munícipes daquela zona, que ainda estão a tentar colmatar várias adversidades no que diz respeito aos transportes públicos.

Também informou que o governo de Luanda vai, brevemente, executar um plano que pretende favorecer os estudantes com descontos nos transportes públicos.