Ver Angola

Matérias Primas

Sociedade Mineira de Catoca facturou 280 milhões no primeiro semestre deste ano

Nos primeiros seis meses deste ano, a Sociedade Mineira de Catoca (SMC) facturou 280 milhões de dólares com a venda de 2.9 milhões de quilates de diamantes.

:

A informação foi avançada por Rómulo Mucase, chefe de departamento de produção e controlo técnico da SMC, que comparou os números deste ano com os do ano passado.

De acordo com o balanço feito pelo responsável, houve um aumento na ordem dos 81 por cento em comparação ao período homólogo do ano passado, em que as operações tiveram quase todas suspensas por causa da covid-19.

Citado pela Angop, Rómulo Mucase adiantou que, no ano passado, durante a fase mais complicada da pandemia, a empresa foi obrigada a dispensar mais de metade da sua força de trabalho (cerca de 70 por cento), tendo afectado a produção e consequentemente as contas.

Informou que a redução dos níveis de contágio da covid-19 e o alívio das medidas de combate à doença, permitiram à empresa recuperar de forma gradual a produção. O responsável acrescentou que, actualmente, a empresa tem suspensa cerca de 60 por cento da sua força de trabalho.

A empresa estima conseguir aumentar a produção nos próximos seis meses do ano, prevendo o regresso da maior parte dos trabalhadores suspensos, completou.

De acordo com a Angop, a SMC conta com a colaboração de cerca de cinco mil trabalhadores. A empresa, localizada a cerca de 35 quilómetros da capital da província da Lunda Sul, tem como accionistas as Endiama, a russa Alrosa e a chinesa Lev Leviev International-LLI.

Relacionado