Ver Angola

Economia

País gastou 3.2 biliões de kwanzas para pagar dívida externa

O país gastou 3.2 biliões de kwanzas, em 2019, no pagamento da dívida externa sem garantias de petróleo. A informação foi avançada por Vera Daves, ministra das Finanças, esta Terça-feira, durante a apresentação da Conta Geral do Estado referente ao exercício de 2019, na Assembleia Nacional.

:

Esclarecendo que se assegurou um serviço da dívida de 3.1 biliões de kwanzas, a titular da pasta das Finanças fez saber que desse valor, 2.1 biliões de kwanzas foram usados para amortizar capitais, 947 mil milhões serviram para pagar juros e 51 mil milhões foram usados em comissões.

Em 2019, o Orçamento Geral do Estado amealhou cerca de 9.9 biliões de kwanzas, disse Vera Daves, citada pela Angop.

De acordo com a ministra "essas receitas podem ser repartidas em receitas correntes e de capital". Relativamente às correntes, essas "contribuíram com cerca 67 por cento do total arrecadado e as de capital com 33 por cento do valor total arrecadado", completou.

Vera Daves aproveitou ainda a ocasião para falar sobre a performance: as receitas correntes registaram uma ocorrência maior (108 por cento) enquanto as receitas de capital registaram 78 por cento.

Durante o período avaliado, o país continuou em recessão, disse a ministra, explicando que Angola registou uma performance de -2,9 por cento enquanto a inflação subiu para os 25 por cento.

Esta Terça-feira, os deputados votaram a Conta Geral do Geral do Estado que diz respeito ao exercício fiscal de 2019.

Relacionado