Ver Angola

Política

Covid-19: testes chegam à Assembleia e detectam 22 pessoas que terão estado em contacto com o vírus

A testagem rápida e em massa continua a acontecer o mais possível, principalmente na capital. Desta vez, os testes chegaram a deputados, funcionários da Assembleia Nacional e outros indivíduos ligados à área.

:

De acordo com declarações do director municipal de saúde de Luanda, Manuel Duarte Varela, foram realizados mais de um milhar de testes, sendo que 22 pessoas expressaram a probabilidade de terem estado em contacto com o vírus. 

O responsável explicou que, do total, 18 pessoas manifestaram resultados IGG - o que significa que o vírus foi eliminado do organismo pelo sistema imunológico - enquanto que quatro pessoas apresentaram resultados IGM, que significam que a doença estará activa.

Os cidadãos com resultado de que a doença poderá estar activa - todos funcionários do parlamento - carecem ainda de confirmação através de um teste molecular RT-PCR. Os funcionários foram direccionados para centros de quarentena onde aguardarão pelos resultados definitivos.

Segundo a Angop, os deputados terão aderido em grande percentagem aos testes, aplaudindo a medida da Comissão Interministerial para Prevenção e Combate à Covid-19.

O deputado David Mendes afirmou que a iniciativa é “louvável” pois circularam no parlamento milhares de pessoas e os resultados deverão sugerir um reforço das medidas de biossegurança.

Já Amadeu Amorim referiu que “é uma atitude importante e há toda necessidade de se fazer o teste para se saber a real situação na casa das leis”.

Também o parlamentar Boaventura Tchitapa enalteceu a iniciativa, destacando o papel dos deputados e a necessidade de estarem em constante trabalho, o que os torna num grupo de risco.