Ver Angola

Turismo

Escola de Hotelaria e Restauração de Talatona: o futuro dos quadros do turismo

O turismo tem sido várias vezes apontado pelas autoridades do país como uma das alavancas da tão prometida diversificação da economia. Porém, nem sempre são visíveis os esforços neste sentido, principalmente no que toca a formação de recursos humanos locais que poderão depois participar activamente na construção deste sector da economia. Felizmente, com a abertura e contínuo funcionamento da Escola de Hotelaria e Restauração desde 2009, o país começa a dar os primeiros passos na formação adequada de quadros capazes de responder as demandas da indústria de hotelaria, restauração e turismo no país.

:

O facto que em Maio 2015 a Escola foi aceite como membro da EUHOFA (International Association of Hotel Schools) pela Associação Internacional de Escolas Hoteleiras é uma enorme mais-valia para o projecto e o coroar de um esforço herculeano da direcção da mesma. E como no mundo da hotelaria as parcerias com escolas similares são sempre uma mais-valia, a Escola de Hotelaria e Restauração de Talatona (EHR), assinou um protocolo de intercâmbio com a Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo-Verde (EHTCV), um país com uma infraestrutura turística muito mais avançada que a nossa.

A Escola de Hotelaria e Restauração é tutelada pelo Ministério da Administração Pública, Emprego e Segurança Social (MAPESS). Oferece cursos de formação em diferentes áreas, a saber: cursos Médios (Gestão Hoteleira, Restauração e Turismo), cursos técnicos de Hotelaria (Recepção Hoteleira e Serviço de Alojamento), Turismo (Guia Turístico e Agencia de Viagem), e Restauração( Cozinha, Pastelaria e Panificação, Restaurante e Bar, Animação e Organização de Eventos). Por fim, oferece também Cursos Livres e Cursos de Aperfeiçoamento, entre outros. A maioria dos cursos tem a duração de 9 meses a 3 anos.

Ler Artigo Completo