A Opinião de Janísio Salomão

Oh Minha África (O lamento de um Africano)


Oh Minha África (O lamento de um Africano)

Janísio Salomão

Mestre em Administração de Empresas, Consultor Empresarial e Técnico Oficial de Contas

:
  

Oh minha África! 
África martirizada e escravizada; 
África que ao mundo seus filhos pariu 
separados abruptamente do leito de sua mãe 
carregados em porões de navios entre espólios e grilhões 
maltratada e açambarcada; 

África que ao mundo seus filhos emprestou 
nos becos e musseques ecoa a voz do aflito e do necessitado. 
faminto e cansado de tanto procurar e nada encontrar; 

Oh minha África! 
Do deserto aos oásis 
bela és, concepção pura e genuína 
negra de carapinha dura 
ao peito carregas tetas lindas, de pele pura 
nas costas carregas as cicatrizes da vida 
tatuadas na pele pelas chibatas do capataz 
na cabeça carregas o sustento dos filhos 
de dia e noite zungas de cima a baixo 
suor no rosto é a recompensa que a vida te dá. 

Entre abuses e canhões 
continuas martirizada pela ganância e arrogância dos teus filhos 
em vez de pão dás balas 
em vez de alegria ofereces pranto e dor 
em vez de paz ofereces guerra 
até quando oh minha África? 
olha para os teus filhos, quantos mais teremos que perder? 

Estás velha e desdentada 
foste desamparada por quem amparo devia te dar 
Mesmo distante te amaremos

não me julgues, foi a vida a culpada de tudo;


Levanta –te África minha! 
ergue –te dos escombros 
valente guerreira, vai a luta! 

Não desistas e não desistiremos de ti.

Mais Lidas