Ver Angola

Educação

Camões assina três protocolos com Angola para melhorar ensino técnico profissional

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua assinou esta Sexta-feira, em Luanda, três protocolos de parceria, com o Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Angola e duas universidades angolanas, que têm por objectivo melhorar o ensino técnico profissional.

:

O primeiro destes protocolos, assinado com o Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo de Angola (INAGBE), visa "a gestão do processo de atribuição de bolsas de estudo aos alunos que frequentem os cursos de formação inicial de professores para o ensino técnico profissional", refere o Camões, num comunicado divulgado esta Sexta-feira.

Os cursos, desenvolvidos com o apoio do RETFOP, são ministrados pela Universidade Agostinho Neto e pelo Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), em Luanda, bem como pela Universidade José Eduardo dos Santos, no Huambo e o Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), também naquela cidade do planalto central de Angola.

"O objectivo geral da parceria é contribuir para a disponibilização de professores para o subsistema do Ensino Técnico-Profissional de Angola, com vista a melhorar as qualificações por ele fornecidas", adianta a nota do Camões sobre os vários protocolos assinados esta Sexta-feira.

O segundo protocolo, com a Universidade Agostinho Neto (Luanda) e o Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) de Luanda, tem por objectivo de implementar oito cursos de formação inicial de professores para o ensino técnico-profissional.

Estes cursos de formação de professores, também desenvolvidos com o apoio do RETFOP, são "designadamente" para ensino de construção civil, electrotecnia e energia, electrónica e automação, electrónica e telecomunicações, máquinas e motores, mecânica do frio e climatização, metalomecânica, electromecânica e manutenção.

Esta parceria deverá "contribuir para a disponibilização de professores para o subsistema do ensino técnico-profissional, com vista a melhorar as qualificações por ele fornecidas", afirma o Camões na nota.

Já quanto o terceiro acordo, assinado com a Universidade José Eduardo dos Santos (do Huambo) e Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) no Huambo, tem como objectivo a realização de três cursos de formação inicial de professores para o ensino técnico-profissional, também desenvolvidos com o apoio do RETFOP, designadamente para ensino de produção agropecuária, de gestão agrícola e de indústria agroalimentar.

Também esta parceria pretende "contribuir para a disponibilização de professores para o subsistema do Ensino Técnico-Profissional, com vista a melhorar as qualificações por ele fornecidas", adianta o comunicado.