Ver Angola

Telecomunicações

Startimes Media: Angola na mira da operadora de televisão chinesa

A Startimes Media, operadora chinesa de televisão por assinatura, anunciou que pretende expandir-se em África, alargando a sua presença a novos países, numa rota com passagem por Angola.

:

O interesse da Startimes Media no mercado angolano foi revelado pelo vice-presidente da operadora chinesa, Mark Lisboa.

De acordo com o responsável, citado pela agência de notícias chinesa Xinhua, a empresa, actualmente presente em 14 estados da África Subsaariana, como o Quénia, Moçambique e a África do Sul, e com cerca de 10 milhões de clientes, quer alargar a presença no continente.

“Até ao final de 2017, planeamos estar em 20 países africanos de forma a satisfazer a crescente procura por conteúdos televisivos de qualidade”, afirmou Mark Lisboa, de acordo com o Novo Jornal, acrescentando que para além de Angola a rota de expansão da Startimes Media, para este ano, inclui o Egipto, a Namíbia e a Suazilândia.

Na sua grelha a operadora de televisão disponibiliza cerca de 440 canais, nomeadamente de notícias, filmes, séries, desporto e entretenimento infantil.