Ver Angola

Transportes

Alemã Siemens arranca com construção do Metro de Superfície de Luanda ainda este ano

A construção do Metro de Superfície de Luanda vai arrancar em 2020. A empreitada vai ser realizada pela empresa alemã Siemens Mobility, no âmbito da assinatura de uma parceria público-privada.

:

Na passada Sexta-feira, no âmbito da visita de Angela Merkel a Angola, o ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu, e o director executivo da Siemens Mobility, Michael Peter, assinaram um acordo que estabelece uma parceria público-privada para a construção do Metro de Superfície de Luanda.

De acordo com o ministro, a obra deverá ter um custo de cerca de três mil milhões de dólares e a "intenção é que o projecto arranque o mais rápido possível, este ano, para facilitar a vida dos cidadãos".

O acordo, que estabelece uma parceria público-privada, prevê que o Estado seja detentor de cerca de 30 por cento do projecto. Os restantes 70 por cento serão entregues a privados.

O metro vai ter uma extensão de 149 quilómetros, ligando vários pontos da cidade: do Porto de Luanda a Cacuaco, da Avenida Fidel Castro Ruz a Benfica, do Porto de Luanda ao Largo da Independência e a Cidade do Kilamba ao 1.º de Maio.

Relacionado