Ver Angola

Política

Macron vai a Malanje inaugurar o Instituto Superior de Técnicas Agro-alimentares

Depois da confirmação da visita do Presidente francês a Angola no final do próximo mês de Maio, sabe-se agora que Emmanuel Macron não se ficará só pela capital, visitando também a província de Malanje.

:

Com o objectivo de aprofundar a cooperação entre os dois países na área da agricultura e formação de quadros, o Presidente francês terá uma agenda que ultrapassa as reuniões políticas e o encontro com altos quadros e se foca na proximidade com as instituições.

Macron regressa a Luanda, mas deverá passar também por Malanje, onde vai proceder à inauguração do Instituto Superior de Técnicas Agro-alimentares — o único no país — que deverá promover a investigação e transformação de alimentos.

Além deste instituto, a província conta ainda com a escola Eiffel, uma das quatro instituições que se dedicam à formação de técnicos para a agricultura, financiadas pela petrolífera francesa Total.

É também na província que fica situada a fazenda agrícola do Grupo Castle, produtora da cerveja Cuca, com um investimento de 40 milhões de dólares para a produção de milho destinado ao fabrico de cerveja.

Em Luanda, as duas delegações devem assinar acordos para o aprofundamento das relações de cooperação, nomeadamente em termos da formação de jovens angolanos em áreas como a agricultura, adiantou esta Quarta-feira Sylvain Itté, embaixador francês em Angola.

“A visita está a ser aguardada com muita expectativa, tanto do lado angolano, quanto do lado francês”, afirmou o diplomata. 

Angola e França assinaram, em Maio de 2018, em Paris, quatro acordos de cooperação estratégica, no quadro da visita oficial de João Lourenço, a convite de Macron.

Relacionado