Ver Angola

Indústria

Eni no Soyo para construir fábrica de processamento de gás natural

Numa iniciativa da petrolífera Eni, o município do Soyo, na província do Zaire, vai acolher uma unidade industrial com capacidade de processamento de 400 milhões de pés cúbicos de gás natural por dia.

:

Denominado “Novo Consórcio de Gás”, o projecto foi apresentado esta Quinta-feira aos membros do governo provincial, na cidade do Soyo.

A fábrica começa a ser construída já no final deste ano, numa área de 100 hectares, na aldeia de Kivinca Nvemba, avança a Angop. A sua construção extender-se-á por um período de dois anos.

De acordo com Kresimir Vujec, director do projecto pela Eni, o principal destinatário do gás produzido será a fábrica de processamento de gás liquefeito ‘Angola LNG’, em funcionamento também no Soyo.

O projecto entra agora na segunda fase, após ter sido apresentado ao Governo, seguindo para consulta pública, desminagem da área, levantamento de dados e estudo de impacto ambiental.

Durante a construção está prevista a criação de pelo menos 3000 postos de trabalho. Quando entrar em produção, a fábrica deverá garantir emprego permanente a uma centena de trabalhadores.

Presente na reunião de apresentação esteve Angela Diogo, vice-governadora do Zaire para a área técnica. Em representação do governador provincial, Pedro Makita Júlia, a governante garantiu todo o apoio institucional das autoridades locais para a implementação do projecto. “Este é mais um projecto ambicioso no sector dos petróleos, que poderá proporcionar muitos empregos para os jovens, bem como catapultar os sectores económico e social, contribuindo para a melhoria da vida da população”, afirmou.