Ver Angola

Comércio

Mangas e ananáses ‘cá da terra’ chegam a Portugal pela mão da Rangel

A transportadora Rangel realizou, na semana passada, a primeira exportação de perecíveis (mangas e ananáses) de Angola para Portugal.

:

A exportação da fruta angolana foi realizada através de um processo logístico integrado que envolveu o transporte em viaturas com temperatura controlada, desalfandegamento e entrega de mercadoria no MARL - Mercado Abastecedor  de Lisboa. 

Esta foi a primeira exportação da Rangel Angola em parceria com a empresa Valoeste – Empreendimentos e Representações, que até ao final de Março estima exportar para Portugal mais de 15 toneladas de fruta.

Esta operação logística reflecte a estratégia da Rangel Angola para 2020, que pretende ser uma referência nas exportações de perecíveis a partir de Angola, refere um comunicado da empresa a que o VerAngola teve acesso.