Ver Angola

Defesa

Navios da Marinha alemã atracam no Porto de Luanda

A Embaixada da República Federal da Alemanha anunciou a estadia de quatro navios da Força Operacional e de Formação 2015, da Marinha alemã, de 21 a 24 de Fevereiro em Luanda, sendo que três fragatas atracarão mesmo no Porto de Luanda.

:

Um comunicado remetido ao VerAngola esclarece que esta estadia faz parte duma operação da equipa operativa da Marinha alemã, que passará pelo Mar do Norte para o Oceano Atlântico, para o Golfo da Guiné, à volta do Cabo da Boa Esperança para o Oceano Índico e pelo Canal de Suez para o Mediterrâneo, de onde a Força Operacional irá retornar para Wilhelmshaven.

O Comandante da formação é o Capitão de Mar e Guerra, Andreas Seidl, sendo que a força é composta pela fragata Hessen (Classe Sachsen), fragata Karlsruhe (Classe Bremen), o navio de apoio logístico da Força Berlim (Classe Berlin) e a fragata Brandenburg (Classe Brandenburg).

A estadia dos navios da Marinha de Guerra alemã segue-se imediatamente à visita do ministro da Defesa angolano, João Gonçalves Lourenço, na Alemanha, em Novembro de 2014, durante a qual assinou juntamente com a ministra da Defesa alemã, Ursula von der Leyen um Acordo de Cooperação de Defesa entre Angola e Alemanha.

Na segunda-feira, dia 23 Fevereiro, pelas 09h00, será inaugurada uma exposição industrial a bordo da Fragata "Hessen", onde empresas alemãs exibirão os seus produtos.

Para além da estadia de quatro dias em Luanda são momentos marcantes a participação em manobras da OBANGAME Express no Golfo da Guiné, os exercícios GOOD HOPE VI com a marinha sul-africana, assim como a intervenção da Força, no âmbito da operação liderada pela União Europeia, ATALANTA, para combate à pirataria no Corno de África.

Outra tarefa da EAV 2015 é a formação prática e instrução dos cadetes –da Equipe VII / 14 a bordo dos navios no mar. Para este efeito, os cadetes realizam na Força um estágio a bordo de várias semanas, para ganhar as suas primeiras impressões do dia-a-dia no navio sob condições de exercícios e operacionais, explica ainda o documento.