Ver Angola

Banca e Seguros

Primeiro banco digital chega ao país este ano

O primeiro banco digital do país, designado de DUbank Angola, chega já este ano ao país. O banco, que contou com um investimento de 12 milhões de dólares, poderá ser inaugurado ainda durante o primeiro trimestre de 2020.

:

De acordo com Sérgio Hirose, director executivo do banco, o DUbank Angola ainda não foi inaugurado porque está a aguardar pela luz verde do Banco Nacional de Angola (BNA) - o regulador da actividade bancária no país. O responsável revelou ainda que todos os requisitos necessários para avançar com o lançamento da plataforma bancária já estão preenchidos – como capital social, estrutura, balanço, transparência, entre outros – faltando agora uma resposta por parte do BNA.

Mas como funcionará? De acordo com Sérgio Hirose, em declarações à Angop, o uso será bastante simples. O banco funcionará através de uma aplicação no telemóvel e cada um dos seus clientes terá ao seu dispor um cartão multicaixa. No entanto, todas as transacções poderão ser feitas através do telemóvel.

Quanto à segurança dos movimentos, o director executivo frisou que isso não será um problema: apesar de para já o país ainda não ter um regulamento das actividades de bancos digitais, Sérgio Hirose garantiu que todas as transacções serão feitas de forma segura, uma vez que o Banco Central será o responsável pela auditoria do DUbank Angola.

O banco vai também ter disponível um serviço de apoio ao cliente, revelou o director executivo à Angop, explicando que como se trata de um banco digital será mais fácil de chegar aos clientes, uma vez que basta ter acesso à Internet (a partir de 2G) para que os movimentos possam ser efectuados.

A ideia parece ter agradado aos angolanos: desde Dezembro do ano passado que já foram registados mais de cinco mil pedidos de pré-registo para abertura de conta.

Além disso, o novo banco trará 100 novos postos de trabalho ao país, indicou Sérgio Hirose.