Ver Angola

Política

Domingos Fezas Vital: angolano substitui Nuno Brito na embaixada de Portugal nos EUA

Domingos Fezas Vital vai substituir Nuno Brito na embaixada de Portugal nos Estados Unidos, segundo publicação do Diário da República este semana. O angolano vem da Representação Permanente de Portugal junto da União Europeia (REPER) e troca directamente de posto com Nuno Brito, que ocupava o cargo desde 23 de Fevereiro de 2011.

:

"Com um conhecimento notável dos assuntos internacionais e um conhecimento profundo da América, [Nuno Brito] é amplamente reconhecido como um embaixador extremamente eficiente para o povo de Portugal", disse à Lusa o congressista Devin Nunes.

A relação de Brito com os EUA começou ainda nos anos de 1980, quando foi enviado para a embaixada em Washington, onde permaneceu até 1993.

Licenciado em direito, ocupou depois diversos cargos – entre os quais as funções na Missão Portuguesa junto da ONU, de assessor do ex-primeiro-ministro Durão Barroso, de director-geral dos Assuntos Europeus e de director-geral de Política Externa - até, em 23 de Fevereiro de 2011, ter sido nomeado embaixador.

O congressista Jim Costa disse que Brito "fortaleceu o laço entre Portugal e os EUA ao expandir a relação além da cooperação política e militar", e que "percebe verdadeiramente a importância de construir amizades e reunir as pessoas."

Uma das conquistas que lhe é atribuída é a consolidação de uma rede de luso-americanos e lusodescendentes, em varias áreas da sociedade norte-americana, que pode ser mobilizada quando os interesses do país estão em causa, como aconteceu com a Base das Lajes.

Este trabalho é muitas vezes feito em parceria com organizações da comunidade portuguesa.

"O Embaixador Nuno Brito foi um grande apoiante das comunidades portuguesas, às quais dedicou muito tempo e energia, além de todas as suas outras atividades diplomáticas", disse à Lusa Fernando Gonçalves Rosa, presidente do Conselho Luso-Americano para Liderança nos Estados Unidos (PALCUS).

Domingos Teixeira de Abreu Fezas Vital, de 56 anos, é natural de Luanda e licenciado em Ciências Sociais e Jurídicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Entrou na carreira diplomática em 1984, foi adjunto do ex-ministro dos Negócios Estrangeiros João de Deus Pinheiro, assessor diplomático do antigo governador de Macau Rocha Vieira e, em Março de 2002, foi nomeado ministro plenipotenciário e, meses depois, representante permanente adjunto de Portugal junto da União Europeia.

Foi ainda assessor diplomático do Presidente Cavaco Silva durante o seu primeiro mandato.