Ver Angola

Educação

Unesco realça empenho de João Lourenço em reforçar educação em tempos de pandemia

A directora-geral adjunta da Unesco, Stefania Giannini, realçou o empenho do Presidente, João Lourenço, em reforçar o sector da educação em tempos de pandemia, afirmando que a participação do chefe de Estado na reunião global da educação é sinónimo do compromisso que o país fez para melhorar o sistema de ensino.

:

A responsável, que falava esta Quarta-feira, em Lisboa, na XI Reunião de ministros da Educação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), aproveitou ainda para sublinhar o facto de em Angola existirem mais de 13 milhões de estudantes matriculados neste ano lectivo, escreve a Angop.

Já Gildo Matias, secretário de Estado para o Ensino Secundário, aproveitou a ocasião para destacar que desde 2015 têm vindo a ser contratados novos professores, o veio possibilitar a universalização do ensino geral.

O secretário realçou ainda a aposta que Angola fez na construção e reabilitação de infra-estruturas escolares.

Na reunião, o país apresentou algumas propostas para melhorar o sistema de ensino: a criação de um livro digital para o ensino primário e de um glossário da educação e formação que visará a divulgação dos Estados Membros da CPLP nas escolas. Partilhou ainda a sua experiência sobre a adaptação à pandemia e como foi o recomeço das aulas de forma segura.

Na reunião, que decorreu online, foi avaliado o nível de implementação do Plano de Acção de Cooperação Multilateral da educação 2016/2020 e também foi aprovado o Plano Estratégico de Acção e Cooperação no domínio da Educação 2021/2026.

Relacionado