Ver Angola

Saúde

Covid-19: Angola atinge barreira dos 1650 óbitos com mais oito mortes e 349 casos em 24 horas

Angola totalizou 1650 óbitos associados à covid-19, com mais oito mortes nas últimas 24 horas, período em que foram reportados 349 novos casos e 150 recuperações, anunciou esta Quarta-feira a Direcção Nacional de Saúde Pública.

: Lusa
Lusa  

Luanda, com 275, registou o maior número de novos casos, seguido pelas províncias do Huambo (18), Cabinda (17), Cuanza Sul (10), Malanje (nove), Uíge (sete), Huíla (quatro), Cunene (três), Bengo e Zaire com dois casos cada e Cuando-Cubango e Namibe com um caso.

De acordo com o boletim epidemiológico da entidade sanitária, os oito óbitos, com idades entre 39 e 86 anos, foram reportados em Luanda (oito), Malanje (dois) e Cabinda (um).

Os laboratórios processaram nesse período 2905 amostras por RT-PCR com uma taxa de positividade de 12 por cento. O cumulativo aponta para 1.056.462 amostras processadas com uma taxa de positividade de 5,95.

Angola, que vive há mais de um ano situação de calamidade, soma no total 62.143 casos positivos, 1650 óbitos, 50.191 recuperados da doença e 10.302 casos activos.

A covid-19 provocou pelo menos 4.861.478 mortes em todo o mundo, entre mais de 238,59 milhões infecções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detectado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e actualmente com variantes identificadas em vários países.

Relacionado