Ver Angola

Cultura

Angola Music Awards: Mobbers, Gerilson Insrael e Deusa do Pânico dominaram o pódio

O pódio da edição deste ano do Angola Music Awards foi dominado por Gerilson Insrael, Deusa do Pânico e os Mobbers, ao vencerem dois prémios cada, numa gala que aconteceu na passada Sexta-feira.

: Platinaline
Platinaline  

Gerilson Insrael obteve os prémios de "Música Mais Popular" e "Melhor Artista Masculino", enquanto os Mobbers foram galardoados com os prémios de "Melhor Grupo" e "Rap Hip-Hop".

Por sua vez, Deusa do Pânico venceu os troféus de "Artista Mais Popular da Internet" e "Novo Talento".

Na edição deste ano, foi introduzido o prémio de "Melhor Videoclipe", que foi atribuído a Titica e Uami Ndongadas "Xucalho".

Segundo a Angop, entre os vencedores destacam-se ainda os artistas Paulo Flores e Prodígio, que venceram o prémio de "Melhor Álbum", a dupla Liriane e Caiser, a quem foi atribuído o troféu de "Melhor Artista Digital" e Utanga Mina que levou para casa o prémio de "Melhor Afro-house".

O cantor Prodígio conquistou o prémio de "Melhor Artista em Palco". Realce ainda para Anna Joyce que venceu o título de "Melhor Artista Feminino", enquanto Suarito foi premiado com o galardão de "Artista Revelação".

Miguel Buíla também faz parte da lista de premiados, tendo conquistado a categoria de "Melhor Gospel", os Calema e Soraya Ramos que arrecadaram o troféu de "Melhor Música PALOP", entre outros.

Na gala, o DJ Paulo Alves foi homenageado pelos contributos que fez em prol da cultura nacional.

Citado pela Angop, Jomo Fortunato, ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, considerou que reconhecer o talento nacional é enriquecedor para a cultura do país.

Consulte a página de Instagram do evento para ver a lista completa dos vencedores.