Ver Angola

Saúde

Covid-19: Angola testa recorde de 3594 amostras e detecta mais 128 infectados

O Secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, anunciou esta Segunda-feira que foram testadas 3594 amostras, o maior número de sempre no país, tendo sido detectados mais 128 casos de covid-19.

:

Dos 128 casos, um é do Bengo, outro do Bié, 11 da Huíla e 115 de Luanda, sendo 52 de sexo feminino e os restantes masculino, com idades de 10 a 70 anos,

Quatro angolanos de 34, 41, 78 e 82 anos morreram devido à doença e 14 pessoas foram recuperadas.

Angola soma 5530 casos de infecção, dos quais 2591 recuperados, 2740 activos, entre os quais 16 cítricos e 14 graves e 199 óbitos.

Nas últimas 24 horas, os laboratórios processaram 3594 amostras, o maior número de sempre, tendo sido testadas já 102.254 colheitas.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e trinta mil mortos no mundo desde Dezembro do ano passado, incluindo 2018 em Portugal.

Em África, há 36.789 mortos confirmados em mais de 1,5 milhões de infectados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Angola lidera em número de mortos e Moçambique em número de casos. Angola regista 199 mortos e 5530 casos, seguindo-se a Guiné Equatorial (83 mortos e 5045 casos), Moçambique (66 mortos e 9296 casos), Cabo Verde (65 mortos e 6360 casos), Guiné-Bissau (39 mortos e 2385 casos) e São Tomé e Príncipe (15 mortos e 911 casos).

Relacionado