Ver Angola

Saúde

País regista 142 novos casos e ultrapassa barreira das 5000 infecções por covid-19

O país registou 142 novas infecções e mais dois óbitos, números com os quais soma 5114 casos positivos e 185 mortes por covid-19, informaram esta Quinta-feira as autoridades sanitárias.

:

Segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, os casos foram registados nas províncias da Huíla (1), no Bengo (1) e os restantes em Luanda (140), capital de Angola, sendo 87 homens e 85 mulheres, com idades que variam de 4 a 82 anos.

Nas últimas 24 horas, 141 doentes foram dados como recuperados, passando o país a ter 2082 pessoas curadas e 2847 activos, dos quais 16 estão em estado crítico, 15 graves, 36 moderados, 101 leves e 2679 assintomáticos.

Nos centros de tratamento, estão a ser assistidos 482 doentes.

Relativamente à testagem, foram processadas, nas últimas 24 horas, 1123 amostras, das quais 142 foram positivas, apontando o cumulativo para 92.633 amostras processadas, das quais 5114 positivas.

Uma tabela comparativa dos dois últimos meses sobre novos casos, óbitos e recuperados, indica que em Agosto foram registados 1490 novos casos, enquanto em Setembro 2243, um aumento de 753 casos.

Sobre os óbitos, Agosto registou 54 mortes e Setembro 74.

"No tocante aos óbitos, comparando os dois meses houve aqui um aumento na ordem de 37 por cento", referiu o governante, salientando que quanto aos recuperados, apesar de Agosto ter registado 1490 casos, conseguiu-se recuperar 460 pessoas (30 por cento), e em Setembro foram recuperados 857 doentes (38 por cento).

"Desde o início da pandemia no nosso país, em Março, até à data, olhando o grupo pediátrico, dos 185 óbitos até agora temos apenas quatro crianças, na faixa etária dos 10 aos 18 anos, na sua maioria com algumas doenças de base", disse Franco Mufinda.

A pandemia da covid-19 já provocou mais de um milhão de mortos e mais de 34 milhões de casos de infecção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em África, há 35.962 mortos confirmados em mais de 1,4 milhões de infectados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em Fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Relacionado