Ver Angola

Economia

Governo estima recessão de 2,8 por cento este ano e crescimento no próximo

O Governo estima uma contração do Produto Interno Bruto de 2,8 por cento em 2020, prevendo um crescimento de 1 por cento no próximo ano, numa previsão “conservadora” face às incertezas da conjuntura actual.

:

Os dados foram divulgados esta Quinta-feira no 'briefing' bissemanal do Ministério da Economia e Planeamento (MEP) pelo secretário de Estado do Planeamento, Milton Reis, e foram apresentados na Terça-feira durante um encontro com técnicos do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Uma missão do FMI encontra-se em Angola até ao dia 12 de Outubro para acompanhar a implementação do programa de assistência financeira assinado em Dezembro de 2018 e que tem a duração de três anos.

O encontro do passado dia 6 de Outubro serviu para “avaliar o desenvolvimento da actividade económica durante o primeiro semestre de 2020 e as previsões para o Produto Interno Bruto referente aos anos 2020 e 2021, tendo em conta o contexto da pandemia da covid-19”, adiantou o responsável.

O FMI foi informado de que a actividade económica em Angola contraiu, em termos homólogos, 1,8 por cento no primeiro trimestre, e 4,6 por cento no segundo, perspectivando-se que o PIB em 2020 venha a registar uma contração de 2,8 por cento, menos negativa do que os 4 por cento projectados pelo FMI.

Já para 2021, as estimativas do MEP apontam para que um crescimento de cerca de 1 por cento do PIB, enquanto o FMI estima um crescimento de 3,2 por cento.

“Portanto, as nossas previsões são mais conservadoras, tendo em conta as incertezas da conjuntura actual”, indicou Milton Reis.

Relacionado