Dérbi entre polícias e militares de Luanda anima Girabola em recta final

A liderança do 1.º de Agosto no campeonato de futebol vai ser testada Sábado, em Luanda, com os polícias do Interclube, e ainda com o Petro à espera de um deslize da equipa dos militares.
:
  

O dérbi da capital está em destaque na 27.ª jornada do Girabola, ainda com 12 pontos em disputa até final, e o 1.º de Agosto na frente com mais dois pontos face ao eterno rival, o Petro de Luanda.

O Interclube, do treinador português Paulo Torres, quer aproveitar a recepção no estádio 22 de Junho ao líder do Girabola para ainda tentar melhorar a classificação, enquanto os militares de Luanda estão proibidos de perder pontos, na luta pela revalidação do título de campeões nacionais.

Isto porque no dia seguinte, Domingo, o Petro de Luanda recebe no estádio 11 de Novembro o Bravos do Maquis, equipa da segunda metade da tabela, com os petrolíferos à espreita de um deslize para recuperar a liderança, perdida na jornada anterior.

Ainda no Domingo à tarde jogam na vila do Calulo, Kwanza Sul, o Recreativo do Libolo e a Académica do Lobito, que viaja da província de Benguela com a necessidade de pontuar, para fugir aos lugares de despromoção.

A ronda 27 abre na Sexta-feira, com o 1.º de Maio a receber em Benguela o Kabuscorp do Palanca, de Luanda, enquanto o Progresso do Sambizanga viaja da capital para o sul do país, para defrontar na cidade do Lubango os locais do Desportivo da Huíla.

No Sábado joga-se ainda em Luanda a partida entre os aviadores do ASA e o JGM do Huambo, dois aflitos na tabela, situação idêntica à do Santa Rita de Cássia, que recebe no Uíge os diamantíferos do Sagrada Esperança, enquanto o Recreativo da Caála viaja para o leste para defrontar o Progresso da Lunda Sul.

Mais Lidas