Ver Angola

Saúde

Ingresso na Saúde mantém-se até 2024, anuncia Sílvia Lutucuta

O ingresso no sector da Saúde vai-se manter até 2024. A informação foi avançada esta Quinta-feira por Sílvia Lutucuta, ministra da Saúde, durante a abertura de um workshop sobre “Protocolos Clínicos”.

:

A titular da pasta da Saúde explicou que a contínua entrada de profissionais no sector visa reforçar o sistema de saúde bem como melhorar a qualidade dos serviços.

Também informou que nos últimos dois anos, a força de trabalho no sector passou de 65.294 profissionais para 87.161.

"Este ganho aumentou a força de trabalho do Serviço Nacional de Saúde, tendo passado de 65.294 funcionários para 87.161 profissionais, elevando o número de médicos para 7715 em todo país", afirmou.

A aprovação dos Estatutos das Carreiras Especiais da Saúde de médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica, técnicos de apoio hospitalar, bem como o estatuto remuneratório também foi mencionado pela ministra, que considerou esse passo como um grande ganho, que veio favorecer 44.615 profissionais.

"Já tivemos um grande ganho, em dois concursos já temos mais de 2000 médicos que foram admitidos ao setor da saúde. Na classe médica foram cerca de 2600 novos profissionais", salientou Sílvia Lutucuta.

A ministra também admitiu que a modernização das directrizes de atendimento médico-hospitalar se tornou essencial por ter possibilitado uma adição de 25.465 profissionais, com a concretização dos concursos públicos em 2018 e 2019.

"Apesar dos progressos notáveis constatados no reforço da força de trabalho e na sua especialização, ainda insuficientes, devemos trabalhar para promover cada vez mais e investir na especialização dos profissionais, tanto médicos como de enfermeiros, que possam assegurar a atenção de saúde e garantir o alcance dos objectivos propostos em áreas prioritárias tais como os médicos de família", referiu.

Sílvia Lutucuta aproveitou ainda a ocasião para reforçar que o Governo continua comprometido com a implementação de políticas que visam a melhoria dos serviços daquele sector bem como na especialização dos quadros de saúde.

Relacionado