Ver Angola

Política

João Lourenço visitou sede da Organização Mundial do Turismo em Madrid

O Presidente, João Lourenço, terminou esta Quarta-feira uma visita oficial a Espanha com deslocações a várias entidades, entre elas a sede da Organização Mundial do Turismo, um sector que Luanda aposta para desenvolver e diversificar a sua economia.

:

As deslocações desta Quarta-feira a instituições sediadas em Madrid encerram uma visita oficial de dois dias, depois de na Segunda-feira João Lourenço se ter encontrado com o primeiro-ministro, Pedro Sánchez, e o Rei Felipe VI.

A Organização Mundial do Turismo (OMT) é uma agência especializada das Nações Unidas e a principal organização internacional no campo do turismo, tendo por objectivo a promoção e o desenvolvimento do sector.

O turismo é para João Lourenço um sector estratégico para o país, nomeadamente no âmbito do programa desenhado por Luanda para diversificar a economia e erradicar a pobreza.

Com a promoção do turismo, Angola aspira vir a integrar a lista dos principais destinos turísticos em África até 2025, segundo fonte diplomática.

João Lourenço, acompanhado por vários ministros do seu gabinete, também visitou a empresa pública Canal de Isabel II, responsável pela gestão de todos os processos que permitem a recolha, tratamento, distribuição, eliminação, tratamento, purificação e reutilização da água na quase totalidade do território da Comunidade (região) de Madrid.

Entre outros aspectos, a delegação angolana esteve em contacto com o esquema geral dos sistemas de distribuição, saneamento e tratamento da empresa que assegura o fornecimento de água a quase sete milhões de habitantes.

Na Segunda-feira, primeiro dia da visita de Estado, João Lourenço e Pedro Sánchez chegaram a acordo sobre uma declaração conjunta em que defendiam que se devia fortalecer sectores de interesse económico para empresas e investidores espanhóis naquele país africano.

Pedro Sánchez destacou durante o encontro o interesse que as empresas espanholas têm pelo mercado angolano, "onde podem contribuir com a sua experiência, qualidade e tecnologia para o desenvolvimento económico e social do país".

Numerosas empresas espanholas estão actualmente a desenvolver projectos em sectores como o tratamento de água, refrigeração industrial, saúde, educação, formação e geologia, explica Madrid.

"A Espanha quer contribuir para o desenho da política da União Europeia em relação a África, para que esta seja orientada para o progresso e industrialização do continente, para a criação de emprego, especialmente para os jovens, e para a implementação efectiva" de uma zona de Comércio Livre, disse na altura Pedro Sánchez.

Também no primeiro dia da visita, o Rei Felipe VI aceitou o convite feito por João Lourenço para realizar uma visita de Estado a Angola.

O Presidente regressa agora a Luanda depois de um périplo que o levou a Washington e Nova Iorque, nos Estados Unidos da América, e finalmente a Madrid.

Relacionado